Usando Docker para testar versões diferentes do MySQL

Recentemente assumi a tarefa de avaliar e otimizar algumas tabelas e queries que apresentavam perfomance muito diferente no PostgreSQL e no MySQL (versão bem antiga).

Minha primeira suspeita foi justamente o fato do MySQL estar muito desatualizado. Para descartar ou confirmar essa suspeita, eu precisava rodar no mesmo hardware versões diferentes do MySQL – e com containers, isso é fácil e indolor.

A minha instância padrão (versão antiga) compartilha com o host (minha máquina) a porta padrão do MySQL, então, do próprio macOS eu consigo conectar nela (depois de estar em execução) com o comando:

mysql -h 127.0.0.1 -P 3306 -u root -p

Agora, para executar uma versão específica, primeiro precisamos iniciar o container:

docker run --name mysql-atual -e MYSQL_ROOT_PASSWORD=senha -p 3307:3306 -d mysql:latest

Isso executará a versão atual (latest) da imagem mysql, definindo a senha senha para o usuário root, mapeando a porta 3306 do container com a 3307 do host (meu macOS) em modo daemon, com o nome mysql-atual.

Pronto, temos duas versões diferentes no mesmo hardware para fazer comparações. Podemos conectar nesse novo container da mesma forma que o anterior, alterando apenas a porta:

mysql -h 127.0.0.1 -P 3307 -u root -p

Publicado por Cauan Cabral

Desenvolvedor com 2 dígitos de experiências, especialista em PHP e CakePHP mas com bagagens em JavaEE, Node.js, Javascript (ES6, jQuery, Angular) e Python. Interessado em automação, Machine Learning e cozinha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.