Não foi dessa vez

Valeu Massa, foi por pouco. Você fez sua parte, parabéns e obrigado pela briga.
Agora, Rubinho, biso na bola denovo cara? Desse jeito fica difícil te levar a sério né? Você teve mais está chance e deixou passar.

Ano que vem teremos mais uma chance (não se depender do Rubinho é claro): “pra frente Brasil”.

Hoje tem final da F1… vai lá Massa!

Fugindo um pouco dos assuntos rotineiros do blog (algo que de agora em diante vai se tornar meio comum)…
Hoje ocorre em no autódromo de Interlagos a final da temporada 2008 de F1, onde depois de 11 anos o Brasil tem chance de se sagrar campeão (chance pequena, mas tem). E quem pode quebrar este jejum é o piloto que levou o país a um patamar de disputa já nos últimos anos, Felipe Massa.

O único problema é que ele precisa ganhar a corrida E contar com que o Hamilton(primeiro lugar no mundial) fique no máximo em sexto lugar. Ganhar não é tão difícil, o Massa já fez isso antes e já tem a pole. O problema é o Hamilton ficar bem para trás.

Daí entra nosso querido Rubinho, hhehehe. O Buzz lançou uma campanha: “Bate Nele Rubinho“. Com uma ação do nosso grande piloto para tirar o Hamilton da corrida, nada poderia impedir o título brasileiro. Plano perfeito? Talvez se não tivesse sido divulgado =P
Fico imaginando se o Rubinho e o Massa já não haviam combinado algo assim, daí aparece alguém e cria uma campanha que aparece em todas as mídias. Agora se acontece um “acidente” destes, será que a FIA entregaria o título ao Massa? Eu acho que não.

Po Buzz, você estragou um plano perfeito.

De qualquer forma, vou fazer coro a campanha também, afinal, ela é no mínimo divertida:

Dia 2/11 teremos a última etapa do mundial de Fórmula 1, o GP Brasil. E o maldito Hamilton já está com 7 pontos de vantagem sobre o Massa. Ou seja, basta um quinto lugar minguado pras esperanças brazucas irem pro espaço.
Mas e o Rubinho?
Sem chances na competição e fortes indícios de que deve largar a Fórmula 1 ano que vem, Rubinho pode ser nossa grande arma secreta no domingo.
Como?
Mole. Basta dar uma porrada bem dada, daquelas que o Hamilton não vai saber nem de onde veio, para tirar o líder da prova e se tornar herói nacional.

banner da campanha
banner da campanha