Google Analytics e Adobe – facilitando a sua vida

Há um tempo atrás, postei uma forma de se monitorar páginas em Flash ou Ajax com o Google Analytics. Até aquele momento está era a única maneira “oficial” de se fazer isso e recomendada pelo Google.

Agora foi liberado pelo Google juntamente com a Adobe uma classe escrita em AS3 que facilita a coleta e monitoramento de informações através do Analytics.

Segundo o Google, esta classe contem todas as funcionalidades da versão Javascript e é totalmente compátivel com a última versão do ga.js (arquivo que deve ser incluído nas páginas que utilizam o Analytics).

Os arquivos disponibilizados já estão compilados, porém o projeto é opensource (licensiado pela Apache 2.0 license) e quem estiver interessado pode baixar o fonte para ver a implementação (por curiosidade, necessidade ou para ajudar).

Usar Google Analytics para páginas em Flash ou Ajax? É mole…

Não sei se é de conhecimentos de todo, pelo menos para mim não era.

Para quem não sabe, Google Analytics é um serviço do Google que permite coleta e acompanhamento de diversas informações de uma página na internet, como número de visitas, origem das visitas, tempo de permanência na página, palavras chaves usadas para chegar até sua página e várias outras. Ou seja, indispensável para quem desenvolve para web (indispensável o tipo de ferramenta, existem alternativas, como o Yahoo! Web Analytics).

Para os que conhecem: uma coisa que sempre me “frustou” foi ter meus trabalhos em Flash (Ajax entra no mesmo ramo, apesar de não ter nada publicado ainda) não terem a mesma facilidade para coleta e acompanhamento de informações. O máximo que conseguia era saber de onde o individuo havia chegado, quanto tempo permaneceu no site e as palavras chaves mais comuns. Mas apesar do Google indexar o conteúdo dos arquivos em Flash, eu não podia, por exemplo, saber quais partes do site/apresentação recebia mais visita.

Agora meus problemas acabaram(-se): A resposta para o problema é 42.

Bom, na verdade a solução deveria ser óbvia para quem conhece a API ou o sistema de coleta de informações do Google, mas ainda não havia reparado no óbvio: é só fazer uma chamada a função _trackPageview();
Essa função é incluída em nossas páginas no meio do código que o Google nos passa na hora que criamos a conta no Analytics.

O interessante é que essa função aceita um parâmetro, e é esse o ponto da solução, é só dizer que “seção” do site a pessoa vai estar entrando ao clicar em um link que ela será computada pelo Analytics.

Seguindo o exemplo fornecido pelo PRÓPRIO:

seuBotao.addEventListener( MouseEvent.CLICK, this.clicked );
function clicked(MouseEvent e):Void
{
    getURL("javascript:pageTracker._trackPageview('/contato')");
}

Com este código, quando alguém clicar no botão “seuBotao”, será invocado a função clicked e nela será chamada a função javascript do Analytics, dizendo que a pessoa está acessando a pasta ‘contato’. Notem que a pasta ‘contato’ não precisa existir, pode ser um arquivo ou o que você achar melhor. Depois é só entrar no painel do Analytics e conferir as novas informações.

Supimpa, não?