Vida pós-Vista

Depois de algum tempo tentando sair do Windows, mais especificamente, do Vista, estou conseguindo manter-me longe dele. Já havia feito várias incursões no mundo GNU/Linux, mas sempre me aparece algo forçando a usar a partição do Windows. Seja na hora de trabalhar ( como já havia dito, trabalho com Flash ), seja na hora do lazer ( também falei da minha Filmadora? pois é… ), mas cada dia que passo encontro um substituto, que se não há altura, quebra um galho.

Com relação ao Flash, passarei a utilizar o SDK do Flex, que é free e compatível com linux. Preciso me adaptar a isso. Com a filmadora, vou ter de continuar usando o Windows ( mas seu uso é bem exporádico ), já que não achei software para captura de video por USB, só FireWare. Para edição de filme, não consegui resolver a tempo, tive de recorrer ao Windows e ao Nero Vision, mas agora consegui criar algumas coisas usando o Kdenlive, tenho que aprender várias coisas, mas parece que ele vai servir “na medida” para meus propósitos. Fica aí a dica para quem não sabe um programa para edição e criação de videos no GNU/Linux, e mais especificamente no KDE: Kdenlive.

Bom, aos que interessam, estou atualmente utilizando o openSUSE como distribuição, anteriormente usei Gentoo, antes ainda o Slackware e minha primeira experiência foi com o SuSE v8.x